12 dezembro 2014

★ Te Amo porque Te Amo ★


primeira lembrança de nós que eu tenho, é você subindo a passarela todo suado, porque fazia calor naquele dia, com uma camisa laranja "por favor me roube", que eu provavelmente não devo ter conseguido esconder minha cara de espanto, mas seja como for, acho que você não percebeu, eu lembro de estar imaginando como o proposito daquela noite se concretizaria, lembro de nada ter saído como eu planejei, a gente ficou sem assunto dentro do ônibus, o elevador não apareceu e tivemos que subir 8 andares e um bônus, mas no final até que deu certo, 1h sem folego, com meu cabelo batendo na minha cara e fazendo a gente engolir alguns fios as vezes e no final você segurou a minha mão e lembrou de me dar um beijo de despedida que eu achei ser o ultimo dos nossos beijos, e o fim de qualquer relação que eu pudesse ter com você, mas ai veio o cinema, eu não sei bem o que eu esperava, mas com certeza foi melhor, nada foi forçado, não foi abusivo, foi perfeito, você me abraçou, trocamos olhares e beijos algumas vezes e eu passei o filme chorando com você me abraçando apertado, e no final, você me deu a mão, pra que todos pudessem ver, nós dois, felizes...
Lembro do texto que você me escreveu, que me arrancou um bom bocado de lágrimas, porque eu pensava que você tava terminando algo que nem havia começado ainda e no final, eu não tinha nem o que dizer, só conseguia te chamar de babaca por ter me enganado, me fazendo achar que aquilo era o fim, quando na verdade era o começo. Lembro também da primeira vez que você disse que me amava, até agora eu acho que aquela primeira vez não foi bem verdadeira, foi mais um "obrigado" pela situação que estava envolvida, por isso não fiz questão de responder, mas aquilo já rondava meus pensamentos a alguns dias e de vez em quando eu me segurava para não terminar algumas sentenças e assuntos com um "eu amo você" escapado, mas depois você veio me cobrar e eu tive que te dizer que eu sentia o mesmo. E o tempo foi passando e quanto mais insegura eu ficava em relação a nós, parecia que você ficava mais certo de que tudo estava saindo como o planejado, ou até mesmo melhor, eu lembro do dia que você apareceu na frente do prédio que eu ficava; todo sujo de tinta, cansado, com um sorriso no rosto, me esperando. Eu lembro que eu estava falando e pensando em você naquele mesmo instante, desejando que você estivesse ali e você, como se tivesse lido meus pensamentos, estava, e foi a melhor sensação do mundo, te ter comigo naquele momento, ter sido surpreendida da melhor maneira possível, lembro desse mesmo dia você ter dito que eu era sua namorada a várias pessoas, mesmo nunca termos tocado antes no assunto. Lembro de quase todas as vezes que te vi me esperando, pra que pudéssemos nos ver mais vezes, Lembro do dia que fomos naquele shopping gigante, na volta, quando tivemos uma crise bizarra de riso, quando no silencio do carro, enquanto nossa musica tocava, enquanto estávamos de mãos dadas eu ter pensado que nada poderia ser melhor, ou mesmo mais perfeito. Estava tudo certo e você era (e ainda é) a razão. Lembro de você sempre ter rido paciência pra dizer o que eu tinha que fazer e as razões, lembro de coisas que deram certo por eu ter te ouvido, lembro de todas as vezes que você me provocou suspiros mais profundos e frios na barriga. Lembro também do dia que você conheceu meus pais, da sua cara de quem ia me matar, do meu medo, de estar tremendo por dentro, de algo dar errado, mas foi totalmente o oposto, ninguém falou muito, houveram algumas pressões, mas correu tudo bem, lembro da nossa ida a praia num dia maravilhoso de neblina e talvez só mesmo o sol pra deixar aquele dia mais incrível, porque eu me diverti tanto com você, e na hora que deitamos n areia, eu deixei você dormir e fiquei te observando, ouvindo sua respiração e sentindo sua presença, porque eu não queria correr o risco de nada daquilo ser real quando eu acordasse, mas foi tudo real sim, e foi perfeito, até mesmo a volta pra casa, ter você comigo tornou tudo melhor do que o esperado, lembro da ultima vez que nos vimos, quando você conheceu meus vizinhos e depois só restou nós dois tirando fotos idiotas, registrando nossa felicidade, e tudo que sentimos um pelo outro e lembro todo dia do que me faz querer te amar e te conhecer mais e mais, que é esse seu jeito idiota de rir, sua voz calma, sua capacidade de fazer tudo dar certo e tornar qualquer dia ruim, no melhor de todos, sua sinceridade, suas palavras minuciosamente escolhidas e pensadas para não me magoar, sua paciência em tentar me entender e aceitar (depois de um tempo e alguns dias sem se falar) quando está errado e me mostrar quando estou. Mas lembro mesmo, todo dia, que eu te amo porque te mo e você faria muita falta se fosse embora, deixaria um vazio tão grande que talvez eu me tornasse nada sem você. E se você é meu tudo, você é essencial, e eu amo você por ser o que é pra mim e por mim. Eu amo você por ter me dado as melçhores lembranças e continuar me dando. Eu amo você porque te amo e isso basta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

*EVITEM ficar SOMENTE divulgando o blog de vocês... publiquem em PARCERIAS
*sigo TODOS os blogs então não se preocupem
*leio todos os comentários e respondo sempre que posso
*não me marquem em tags por favor, porque eu só posto textos no blog e tags atrapalham com a organização dele
*agradeço se você seguir o blog
*sem xingamentos... se não gostou do blog, me informe e eu farei o que puder para melhorar

Att. Thayna Farias