24 setembro 2014

★ Desculpe o Transtorno ★

E foi como se naquele instante tudo casasse... O por do sol, seu olhar, nossos sorrisos e um fim... É bem como dizem mesmo.." Nada é tão bom quanto parece "e minha capacidade de estragar qualquer coisa boa que aconteça comigo não me abandona. E passaram tantas coisas na minha cabeça naqueles últimos instantes, foi bem como dizem mesmo, o tempo parou.. Te tive pelo o ultimo instante sem saber, porque a gente nunca sabe quando vai ser a última vez que você vai estar feliz com alguém, quando vai ser o último beijo e abraço, você só espera que não haja um último. E você não tem ideia de como tudo ficou melhor, eu tive a certeza de que a semana seria boa e o tempo realmente parou ali. Se solidificou, e como no apice da parábola de um gráfico de velocidade de uma montanha russa em movimento, zerou e tudo inverteu. Alias, eu inverti, porque eu sempre atrapalho, foi quase como dizer a felicidade que ela não era necessária, e ela foi embora, sem ao menos dizer adeus. E dai tudo deu errado.. Seu olhar me mostrava o que fazer e agora fui obrigada a desviar dele, mas vi o suficiente pra perceber que você tinha notado que eu estava ali, e que a felicidade que eu levava pra você tinha ido embora também... E a raiva que costumava ficar só comigo acabou chegando a você.
É talvez eu seja o tipo errado de pessoa pra passar coisas boas, e eu não tenho nada de bom pra doar a ninguém, sempre fui grossa e sempre serei, não sei dar conselhos e nem sempre eu posso ajudar e mesmo que possa nunca sei o que fazer, e vai ser sempre assim. E é por isso que ando pensando seriamente em acabar com os problemas que qualquer um possam vir a ter, não pensando em mim, mas acho que já chega de atormentar a vida de qualquer um, chega de ser um problema, as pessoas já tem demais e elas não precisam dos meus. E não criarei gatos, nem cachorros como um dia pensei em fazer, eu traria infelicidade a vida deles também, e que o mundo gire, gire e gire, estarei aqui, olhando e pegando o que estiver ao meu alcance, sem machucar ninguém mais, querendo voltar a aquele por do sol que mesmo acabando tao rápido parecia não ter fim...
Desculpe o transtorno, estou fechando o estabelecimento, ou o meu coração, como preferir!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

*EVITEM ficar SOMENTE divulgando o blog de vocês... publiquem em PARCERIAS
*sigo TODOS os blogs então não se preocupem
*leio todos os comentários e respondo sempre que posso
*não me marquem em tags por favor, porque eu só posto textos no blog e tags atrapalham com a organização dele
*agradeço se você seguir o blog
*sem xingamentos... se não gostou do blog, me informe e eu farei o que puder para melhorar

Att. Thayna Farias