22 agosto 2017

★ Eu não sou a fama que levo ★



A verdade é e todo mundo sabe que eu não sou a pessoa mais agradável do mundo, eu sou grossa pra caramba, eu sou o poço da anti gentileza e não meço palavras.
 Mas também é verdade que não faço nada por mal e nem com a intenção de machucar ninguém, eu sou impulsiva, sincera até demais e não tenho filtro pra dizer o que penso, mas isso não quer dizer que eu seja má pessoa.

 Eu sempre tive o cuidado de não machucar as pessoas que me cercavam, mesmo que as vezes eu falhasse, eu sempre deixei muito claro o que sentia pra todos inclusive pra pessoa a qual eu sentia algo. Mas acontece que quando algo sai errado e você tem fama de ser uma pessoa ruim pela sua personalidade impulsiva, você leva a culpa sozinha de algo que foi provocado por dois. 

Eu defendo que se você está numa relação onde você não ama alguém que daria o mundo por você, você tem que ter o bom senso de terminar, mesmo que doa, e foi o que eu fiz, eu sempre fui clara dos meus sentimentos "não sinto a gente como antes", "não me vejo mais com você", "não acho que seja certo fazer isso com você, seria egoísmo da minha parte depois de tudo o que você fez por mim", eu sempre tentei tomar o cuidado de nunca magoar ninguém, mas as vezes os sentimentos ficam confusos e frases como "acho que você ainda pode recuperar o que sentia por mim" mexe com a consciência da gente e faz a gente se perguntar "será? ".

Eu diversas vezes me vi nessa situação, mas percebi que isso não fazia bem pra ninguém, porque o amor quando morre, não volta e não tenho o dom de controlar o que sinto ou não por outra pessoa.

Mas isso nunca significou que aquele sentimento bom pela pessoa fosse embora, ainda existe carinho, Isso não significa que ela foi ruim pra mim, isso não desconsidera tudo o que ela fez, só significa que o amor se esvaiu de alguma maneira, sem razão.

Aliás, de que adianta o outro dizer que existe amor e que zela por ela, querer saber como ela está e se está bem, se ele age de maneira infantil para que ela se sinta mal por todas as vezes que foi grossa com ele, ou simplesmente porque ela encontrou alguém?

Eu sempre quis as pessoas que me cercavam bem, mesmo que não demonstrasse e talvez meu erro fosse esse. A verdade é que quando um relacionamento acaba, existem N fatores e a culpa sempre é dividida, assim como a dor, não importa quem tenha terminado, ou o motivo. Términos doem, talvez em proporções diferentes, mas ainda sim doem. "Também não vou cuspir no prato que comi", mas as pessoas vem acreditando que tudo que deu errado por culpa minha, é fácil julgar quando se assiste de fora durante 3 anos algo que parece que não esta funcionando por aparentemente uma das partes ser um tanto explosiva. 

 Mas nem tudo que se vê é exatamente daquela forma. Ninguém sabe o que se passava dentro da minha cabeça, ninguém conviveu o que nós convivemos. E eu posso dizer que tudo tem dois lados e que não fui a unica culpada. E acho que uma das partes falhou ai, por não saber aceitar que o amor que eu sentia havia acabado e resolveu jogar tudo em cima de mim, mas só eu sei que a culpa não é 100% minha. Não acreditem em tudo que vocês leem, eu nunca fiz ninguém de idiota e eu sei o quanto venho sendo injustiçada nisso tudo, nunca fiz pirraça e nunca tentei fazer com que o outro sentisse que "me perdeu", até porque isso machuca, magoa e é infantil, e é isso que venho passando nesses últimos dias. Vocês podem achar o que quiserem de mim com base na minha personalidade, podem não me suportar, mas pelo menos enxerguem que um relacionamento de 3 anos não acaba por causa só de um. Não enxerguem que eu fui a pior coisa que aconteceu na vida de outra pessoa. 

Ele realmente foi incrível, ele realmente foi uma pessoa maravilhosa pra mim e caramba, me deu momentos e experiencias incríveis, ele realmente merece alguém que o trate como ele me tratou, ele foi a pessoa mais importante da minha vida por um período de tempo que eu precisava de apoio e ele quem me deu, mas não havia amor da minha parte, existia apenas carinho e eu não podia manter um relacionamento sem amor e sempre, sempre, sempre fui muito clara quanto a isso.

Relacionamentos são ótimos, fomos felizes? Fomos, tivemos ambos problemas um com o outro? Tivemos. E acabou, porque não tinha que ser,  não adianta um jogar a culpa no outro e quem estar de fora dizer "ter acabado foi a melhor coisa que aconteceu pra você", "ela foi o maior erro da sua vida", términos são aprendizados... eu aprendi que nem todo mundo é como é e que as vezes alguns relacionamentos não são recicláveis. 

O problema desses fins conturbados é que precisamos arrancar essas pessoas das nossas vidas, assim como todas as lembranças e alguém por quem eu zelava, alguém que foi importante ao extremo pra mim, eu não faço mais a mínima questão de encontrar ou mesmo saber como está e isso machuca.

Eu espero do fundo do meu coração que as pessoas encontrem felicidade na vida delas e entendam mais uma vez, que quando algo acaba, as duas pessoas são culpadas e nada disso apaga o que de bom aconteceu. Não desejo o mal de ninguém e espero que a maturidade chegue a todos, principalmente aos envolvidos.

Mais uma vez, não pensem que a culpa é toda minha, as vezes as pessoas das quais vocês tem pena, são lobos em pele de cordeiros, eu não sou santa, mas também não tenho potencial pra acabar sozinha com 3 anos. Espero que todos entendam as entrelinhas e entendam que a Thayna que vocês assistem de longe, não é nem 1% de quem sou.

Eu sei tudo o que fiz, tudo o que não fiz e sei acima de tudo quem eu sou.

08 agosto 2016

★ Desculpa por ter sido a pior pessoa do mundo pra você por 2 anos ★


                         


É horrível quando você é o próprio causador do seu fracasso, é horrível quando você sabe o tipo de pessoa patética que você é, é horrível quando você magoa alguém que sempre fez de tudo pra você se sentir a melhor pessoa do mundo, porque essa pessoa passa a te enxergar, a vida dela segue e a sua acaba e a minha acabou...
Só restaram arrependimentos, mágoas, remorço, indiferença, desprezo, decepção e o meu fim, desculpas não concertam erros, não desse tipo.
É horrível parar pra pensar o quanto podemos ser cruéis, é horrível descobrir que tudo o que você sentia era amor e descobrir isso tarde demais, é horrível se tocar da consequencia de seus erros tarde demais, é horrível lembrar de tudo de bom que você já fez comigo, de todas as vezes que você dizia que eu era a melhor coisa que entrou na sua vida, o quando você me amava, de tudo que você já fez por mim, de toda ajuda e suporte que você me deu, porque você sempre esteve lá quando eu mais precisei e quando eu não precisava também, você foi o amigo que nunca tive, o namorado que todas sonham, sempre me dando atenção, sempre se esforçando pra que eu te notasse e tudo o que te dei foram xingamentos, gritos, confusão, brigas, socos, tapas e ainda te traí, é horrivel ter que por na balança isso tudo no final, porque eu assim consigo enxergar o quanto fui injusta e uma merda de pessoa com você durante 2 anos, mas você vai ver o quanto essa distância lá na frente vai te fazer bem, ninguém precisa ter ao lado de si alguém que sempre te põe pra baixo, que sempre te diminui,  alguém que só nota seus defeitos e te menospreza.
Mas o pior mesmo sou eu tendo que conviver comigo mesmo, sou eu tendo que enxergar no passado tudo o que sou hoje e não ver esperanças nenhuma pro futuro, porque eu mesma me afundo a cada dia mais, estraguei um futuro bom que tinha pela frente, estraguei qualquer chance de ter uma relação saudável, eu acabei com a minha vida e tenho que conviver com isso...
Me dói tanto pensar nas burradas que cometi com você, pensar em tudo que poderia ter feito de melhor, pensar nas coisas que poderia ter te dito e feito, mas tudo acabou, e agora é tarde demais, não resta esperança e nem milagre na minha vida patética, e eu penso que se nada disso tivesse acontecido, o que de pior poderia ter feito pra frente.
Talvez eu sempre seja essa pessoa patética que não enxerga as coisas boas que entram na minha vida e nunca venha a valorizá-las, talvez eu sempre estrague tudo, porque não sei lidar com a felicidade que me circunda, talvez seja destinada a ser infeliz sem ninguém, porque não sei cuidar de nada que me faz bem.
Pode sentir pena de mim e me olhar como um bichinho de rua que você tem pena, eu sou essa coisa desprezível que as pessoas evitam, não é que ninguém me entende, é só que todo mundo viu, o que você demorou 2 anos pra perceber, eu não sou o tipo de pessoa certa pra amizades nem pra nada.
Eu nunca fui boa, você diz que eu não era assim, que no início era diferente, mas não era, era só que eu ainda não tinha me acostumado, nem me acomodado, e você nunca errou em não me cortar quando eu era babaca com você, você não é responsável por mim, nem por minhas ações, você era meu namorado, não tinha que segurar na minha mão e dizer o que tinha que fazer, você só tinha que ser você, você nunca precisou mudar, e você estava certo quando disse que eu sempre queria algo novo e não adiantaria que você mudasse porque eu sempre iria querer algo mais, e sabe porque? Porque eu sou vazia por dentro. Eu sou incapaz de amar qualquer um, eu sou a coisa mais desprezível que você vai encontrar por aí.
Acho que a coisa mais certa que fiz com você, foi deixar você ir, eu sou o tipo de pessoa que ninguém merece ter na vida, ninguém merece conhecer. Ninguém tem que ajudar, eu nasci pra me afundar, esse é meu propósito, acabar comigo mesma, antes de machucar com mais alguém.
Eu espero que você encontre alguém que te compense com tudo que não te dei e faça você agradecer por ter dado errado comigo, nunca fiz você se sentir bem, você que nunca teve o que merecia e acabou se contentando com pouco, por favor, ache alguém que te trate com amor de verdade, ache alguém que valorize essa pessoa maravilhosa que você é e por favor, nunca mude e seja feliz e mais uma vez, desculpa por tudo que te causei.

02 outubro 2015

★ Angústia ★

                                      

Eu queria esquecer, tudo o que eu achei que seriamos, tudo o que eu pensei que você poderia ser pra mim, tudo o que passou, queria esquecer as promessas, me fazer esquecer as desculpas e desacreditar no que eu acreditei. Porque pra quem olha de fora, acha que tudo é perfeito, que tudo se encaixa e que a gente se entende, e por mais que você se negue a acreditar, você sabe que não é assim. E por mais que faltem 4 dias pra completarmos 1 ano, parece mais que estamos na esteira a caminho do fim. Você pode achar também que é pessimismo meu, mas é a verdade, não é?! As coisas entre nós só vem dando errado e mesmo que eu queira acreditar que vamos ser pra sempre, quando mais o tempo passa, mais distante esse "pra sempre" se torna. Eu queria estar aqui te dizendo o quanto te amo e o quanto evoluímos nesse 1 ano e como eu quero que o próximo ano com você seja igual a esse, mas a verdade é q eu não quero. Eu te amo? Demais, mas... Não quero nada de novo. Quanto mais tempo a gente passa junto, pior eu me sinto com relação a nós dois, eu não consigo olhar pra você e ter a mesma sensação de antes, seu abraço não me conforta mais, meus beijos se tornaram robóticos, e mesmo estando com você, eu sinto sua falta e continuo me sentindo mal com relação a nós dois, e eu ponho na minha cabeça todo dia q com o tempo essa sensação de desconforto vai passar, mas não chega nem a fazer diferença e a gente já engata em outra discussão e em vez de melhorar, tudo piora, eu me sinto mal com você e pior sem, eu nem sei mais o que é certo de se fazer, vou levando enquanto vou aguentando. E se não der mais, talvez uma hora eu te esqueça, talvez um dia, talvez em algum momento ou lugar no espaço tempo essa coisa dentro de mim passe.

03 setembro 2015

★ Seja extremista praticando respeito ★


Não costumo falar muito diretamente com meus leitores, porém hoje é uma exceção, estou sem escrever a muito tempo, mas hoje eu precisei, talvez vocês me odeiem depois desse texto, talvez vocês concordem comigo, contudo não mudarão minha opinião. Existe uma página no Facebook de vestibulandos, que talvez muitos(as) de vocês conheçam, o famoso PréVestDaDepre, ultimamente ando mais presente e participo mais das discussões, e muitas delas me fizeram ficar preocupada com o modo que minha geração pensa a respeito de alguns assuntos, começando com um dos mais abordados, O Feminismo, vamos lá então, o Feminismo - é um movimento liderado por mulheres, que pregam a igualdade de gêneros, nos direitos e deveres, pregam a dessexualização do corpo da mulher e a liberdade de ambos os gêneros. E o que o Feminismo prega é realmente lindo e essencial, no entanto algumas meninas tornaram o movimento em algo violento em prol do endeuzamento e da supremacia feminina. O que eu mais vejo hoje em dia, são meninas fazendo discurso de ódio na internet, ja vi meninas dizerem "cada menina pratica o feminismo da maneira que acha que é correto, CADA MENINA FAZ SEU FEMINISMO", e isso é apenas o começo, lembro bem que quando me opus ao extremismo de algumas meninas, me dizerem que eu era ignorante e não conhecia o movimento, nem o que ele pregava, que era pra eu ler um pouco e que depois voltasse, me disseram que eu reproduzia o machismo e que eu abrisse mão dos meus direito como mulher. Isso tudo apenas porque não concordei com esse extremismo praticado por elas. Mas cada menina não "faz seu próprio feminismo"?! Onde eu entro com os meus ideais? Infelizmente nesse grupo em lugar nenhum, pois qualquer opinião que qualquer um dê, só é considerada se for a favor da maioria, caso o contrario, você é alguém a ser desprezado e tratado com desdém. 
Refletindo um pouco, se o feminismo prega igualdade de gêneros, os homens deveriam opinar no movimento também, não criticando, mas falar algo do tipo "creio que ação tal deveria ser repensada", não faria mal a ninguém, muito menos derrubaria um movimento, opinar não é tentar acabar com um movimento, é apenas algo a ser refletido, mas não é assim que funciona, quando qualquer Homem se opõe ao movimento a resposta SEMPRE é "Você é homem, você não deve opinar num movimento que não é seu, você tem que abaixar a sua cabeça e ficar calado, se o movimento não é seu, você não tem que dar pitaco" Guardem essa frase na cabeça de vocês, ela é muito usada como argumento em qualquer que seja o assunto (racismo, lgbt...) e está errada. Se existe um movimento em prol de algo, quanto mais "seguidores", maiores são as chances dele dar certo. Porém, sua opinião  só é valida quando é para apoiar, mesmo se o movimento estiver indo para um rumo errado, seu aviso/conselho/"pitaco" só serve se for a favor. Além disso se uma mulher se opõe aos extremismos praticados, ela é taxada de ignorante ou machista (mas se você chamar qualquer extremista de machista, ela diz que isso não existe)
E meus caros leitores com a perspectiva dessas ladies medievais não importa o que elas façam, sempre será justificado como "ela provavelmente deve ter tido um motivo para ter tomado essa ação", o que me lembra muito Maquiavel com "Os fins justificam os meios". 
Essas feministas extremistas também não atacam somente a homens, elas atacam a igreja também. Tudo bem, eu respeito a ideia que a Igreja não é 100% correta no que faz, sua ideologia é antiga  e um tanto quanto preconceituosa e duvidosa em diversos aspectos, mesmo assim, deve ser respeitada em geral, e não  digo que temos que baixar a cabeça e aceitar, mas temos que entender que ela também prega amor,  cada religião com seu modo, não apenas ódio, enfim...  Em 2013 tivemos um caso (clique) onde uma feminista Ucraniana, com os seios a mostra entrou em uma igreja (católica, eu acho), e protestou contra a oposição com relação ao aborto, como? colocando um figado no altar (representando um feto) e urinando no altar. E sim, NESSE GRUPO e provavelmente em outros lugares, esse ato foi aceito por muitas feministas e inclusive meninos. Menino o mesmo que escreveu "Ninguém é obrigado a respeitar religião, inclusive, por que religião é um meio de alienação de massa, que não liberta nem emancipa, que apenas repreende.
Não vou respeitar sua religião nem o seu "eu religioso", e ninguém é obrigado a isso, mas sim, é uma "obrigação " do ser humano respeitar outro ser humano." Você  pode concordar com a ação dessa menina, mas uma coisa você tem que entender (no mínimo), se você é contra o que uma religião prega, você simplesmente não a siga. É simples, INTOLERÂNCA RELIGIOSA É CRIME, seja ela qual for.
 Quem participa do grupo, sabe que nele estão pessoas de varias culturas e entre elas, há uma mulher que pratica o islamismo, porém vive no Brasil, numas das discussões, ela falava que ao dizer a sua comunidade que tinha a vontade de ler o livro de Malala Yousafzai ( mulher do Paquistão  que luta pelos direitos humanos em defesa das mulheres do seu país). A disseram que Malala era uma puta e que não sabia o que dizia. A partir daí a discussão do grupo passou a se focar na moça do Islã e no porque ela deveria abandonar sua comunidade, sua cultura, tudo que ela foi ensinada e abraçar o feminismo. Como se fosse a coisa mais simples, fácil e natural do mundo ela abandonar os costumes dela de usar burca, sair de casa e sair atras das revoluções da vida. Disseram que o Islã era um estado violento, machista, onde a mulher sofria. (Convenhamos, existem muitas coisas absurdas no Islã, mas a mulher não estava e nem está sofrendo com nada disso, um tanto com
o machismo, mas com violência física não, está feliz, não quer mudar de vida e ama o marido) tratando a moça como se ela fosse um cachorrinho maltratado e abandonado, até que ela se sentiu ofendida com aquilo tudo e todo mundo resolveu usar a hipocrisia e dizer q "se ela estava feliz, tudo bem, que a cultura dela era muito rica e a intenção nunca foi ofender" pasmem, até quando estão errados, querem estar certos.
Com relação ao Racismo ou a luta LGBT, você só pode falar sobre opressão, se sentir atingido, sobre o que é/foi preconceito, se você for negro/gay, não basta  você ser humano e saber o que é certo ou errado, você precisa ser negro/gay, porque só assim você vai saber o que é ser oprimido. Isso simplesmente não faz sentido pra mim. Eu sei muito bem o que é opressão e o que não é. Hoje em dia as coisas estão tão radicalizadas que não existe mais a possibilidade de você chamar seu amigo negro, de neguinho, numa zoação entre você ele, porque tem sempre alguém pra se ofender diante de algo que não entende e não foi chamado, é exatamente aquilo de sentir as dores (QUE NÃO EXISTEM) do outro e problematizar uma situação comum, e pasmem de novo, numa brincadeira dessas entre dois amigos meus, quesão  amigos a ANOS, a ponto de se considerarem irmãos (um branco, q era chamado de "branco de merda" e um negro "neguinho") uma jovem cidadã negra e feminista extremista se ofendeu e quase levou tudo pra justiça. 
Pra finalizar esse grande texto, vamos falar sobre o Deboísmo, o novo movimento que é 100% da paz, mas que  os heróis extremistas (entendam como homens e mulheres) transformaram no pior dos vilões, mas vamos lá. O Deboísmo é um movimento falho para acabar com as tretas, porque só causou mais, porém ele prega que não haja confusões, que as pessoas discutam em paz, sabendo respeitar as opiniões alheias e os limites de onde se deve ir, sem perder a calma ou a razão, basicamente isso. Mas os heróis extremistas, espalham por ai que o deboísmo prega que você, desculpem o termo, mas "ligue o foda-se" pra tudo e feche os olhos para os preconceitos, opressões, e qualquer outra coisa q não deva ser deixada de lado, basicamente se cale para o opressor. De onde eles tiraram isso eu não sei, mas a desculpa que sempre vem é  somos ignorantes e "não conhecemos o movimento"
 Enfim aprendam, não se consegue acabar a violência com violência, respeito a opinião dos outros é essencial para uma sociedade conviver em paz, mas estamos muito longe dessa realidade, pois as pessoas que deveriam pregar igualdade, praticar o respeito, e fazer valer o movimento, são as mesmas que apenas EXIGEM  o respeito, mas não o praticam.

24 maio 2015

★ Sera? ★


Ultimamente acordo torcendo pra acontecer qualquer tragedia comigo, acho que morrer me tornaria feliz, no estado que a vida andam essa seria a melhor coisa a acontecer.
Engraçado é ver as pessoas dizendo por ai que o segredo é apenas ser você, mas eu acho que quando você percebe que o resultado disso são pessoas se afastando, significa que o segredo não funciona bem. 
Mais engraçado ainda é escutar coisas do tipo "família é essencial", "mãe e pai que são família", eu sinceramente acho que a pessoa que diz isso com certeza não me conhece e muito provavelmente estava maconhada, em partes... Família deve ser essencial mesmo pra alguns, mas de que adianta se você tem uma família, que não age como a tal. De que adianta você ter uma familia na qual sua mãe se esforça todos os dias e se empenha pra dizer na sua cara que você só da desgosto?! De que adianta ter uma familia se o seu pai só sabe cuspir ordens e falar merdas de voce? De que adianta você ter uma familia com a qual você não pode contar, não pode se abrir, não pode conversar?! Eu respondo, não adianta de nada, só serve pra ser um atraso de vida. 
E me sentir mal já virou tão rotineiro que sumir foi a primeira coisa na qual eu pensei, mas e ai?! Sumir pra onde? Sobreviver de que? Em quem confiar?
Eis a questão... Em quem confiar? Família? Não.. Amigos? Quais..? Não ha ninguém em quem se possa confiar, ninguém com quem possa contar, não ha ninguém, nunca há, e se não há ninguém, se voce está sozinha e sabe que vai continuar, qual a razão e o sentido de existir? Tambem não há! Seria esse o sentido de viver? Descobrir que não há razão pra se viver? É aqui que acaba? Morrer seria a solução? 
Sim, morrer sempre foi a melhor solução!


24 fevereiro 2015

★ Você é Meu Lugar ★


Eu sou como o mar violento de inverno e você como a brisa que sopra sobre o mar no verão. Você é a tranquilidade e eu sou o desespero. Você é a logica e eu sou emoção... Somos um, nos completamos de maneira ilógica, e somos a combinação que deu certo, você é sussurro e eu sou gritaria, você me acalma de maneira que ninguém mais consegue, você é persistente e sabe que é só uma pequena questão de tempo pra eu ceder e você não desiste até conseguir. Eu sou incontrolável e você é meu domador, tenho pressa, tenho raiva, tenho excessos e em você só a paciência se excede, o que em mim, me falta. A gente casa, de maneira perfeita. A gente se equilibra, e se completa de maneira tão bonita que meu mundo se acha em seus olhos, se acha no seu sorriso e na sua voz, me acho em você, encontro a paz que me falta e nada mais me basta. Tenho você. O mundo deixa de girar, o tempo para, deixa de existir, qualquer problema vira besteira, e qualquer outro compromisso é adiado até que o mundo volte a rodar, tudo fica tão simples, você deixa tudo tão melhor, creio que você tenha se tornado tão essencial quanto o ar. Porque quando você não está, é como se nada mais fizesse sentido e eu saísse do controle, mas você volta e me ensina a segurar as redeas. Você me completa, você me faz melhor, você é quem eu amo e sempre vou amar, Você é o caminho e meu coração é seu lar ❤

18 fevereiro 2015

★ Melhor excessão ★

Não nos conhecemos a muitos anos, mas você sabe que eu tinha e talvez ainda tenha um pequeno receio de me apaixonar e de acabar me envolvendo com alguém, talvez por medo de não durar, talvez por medo de me entregar sozinha, mas com a gente aconteceu tudo tão de repente, que quando eu fui perceber, já estavamos juntos. E quando digo juntos, não é necessariamente namorando, estávamos juntos a partir do momento que queríamos estar, a partir do momento que precisávamos nos ver mais, a partir do momento que você e eu viramos necessidade um pro outro. E desde a primeira vez que sentimos isso, já fazem quase 9 meses... Nos amando.. Sentindo que precisamos cada vez mais um do outro e tendo cada vez mais certeza de que o futuro não faz mais o menor sentido sem você, talvez você tenha sido minha excessão... Porque eu sinto que não quero mais ninguém pra passar o resto da vida a não ser que seja você e nem me perdoaria se te perdesse, afinal, quem mais desmarcaria os compromissos do dia, só pra me ver?! Quem mais iria no centro as 7h da manhã duas vezes, por mim? Quem mais me aturaria reclamar de atenção e tentaria melhorar toda vez? Quem mais aceitaria minhas crises de ciumes com paciencia? Quem mais me incentivaria a estudar pra poder entrar na faculdade, mesmo que isso custasse algumas horas a menos juntos? Quem mais me aceitaria com esse meu jeito nada receptivo e continuaria me amando cada dia mais? 
Pois é, ninguém mais seria como você, ninguém faria nem ao menos um terço de tudo que você já me fez. E eu te amo por ter sido a melhor excessão, te amo por valer o risco, te amo por valer a pena, te amo por te amar, te amo porque é o que me resta, te amo porque te amo e sei que sempre vai ser assim, porque eu tenho o melhor namorado que alguém poderia sonhar em ter, eu tenho você!